O difícil faz-se, ao impossível dá-se-lhe um jeito Google

Poupar e Gastar

 Poupar e Gastar - No país 29-02-2016
Mais barato
Mais barato
Os empréstimos à habitação indexados às Euribor a três e a seis meses vão pagar menos pela prestação da casa a partir de Março, beneficiando do acentuar dos valores negativos das taxas Euribor.
 Poupar e Gastar - Ordem do dia 28-02-2016
Confiança dos consumidores aumentou
Confiança dos consumidores aumentou
O indicador de confiança dos consumidores aumentou em Janeiro e Fevereiro. Nas empresas, o sentimento económico também é mais positivo, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).
 
 Poupar e Gastar - Ordem do dia 16-01-2016
Mudanças
Mudanças
O NIB desaparece definitivamente a 31 de Janeiro. A partir do dia 1 de Fevereiro todas as transacções terão que ser identificadas com o IBAN, concluindo-se a criação da Área Única de Pagamentos em Euros (SEPA – Single Euro Payments Area, em inglês) para as transferências a crédito e os débitos directos. Nessa data, serão plenamente adoptados os requisitos técnicos e de negócio estipulados pelo Regulamento comunitário.
 Poupar e Gastar - No mundo 11-01-2016
Um gesto que custará menos
Um gesto que custará menos
Receber chamadas em roaming vai ser 77 por cento mais barato a partir de 30 de Abril, ou seja, menos 3,86 cêntimos por minuto, de acordo com as novas regras definidas pela Comissão Europeia.
 
 Poupar e Gastar - Ordem do dia 07-01-2016
Impedir as famílias de ficarem sem casa por causa de dívidas ao fisco
Impedir as famílias de ficarem sem casa por causa de dívidas ao fisco
O parlamento português aprova hoje os projectos do PS, Bloco de Esquerda e PCP que impedem que seja retirada aos cidadãos com dívidas ao fisco ou à Segurança Social a casa de morada da família.
 Poupar e Gastar - No país 04-01-2016
Electricidade aumenta
Electricidade aumenta
A partir deste mês há aumentos nos preços de electricidade, pão, rendas ou telecomunicações. Os preços do gás, leite e transportes públicos deverão manter-se.
 
 Poupar e Gastar - No país 26-12-2015
O ministro Vieira da Silva
O ministro Vieira da Silva
O ministro do Trabalho, Vieira da Silva, confirmou a subida do salário mínimo para 530 euros no próximo ano. Na ausência de um acordo de Concertação Social, não se vai estender a 2016 a redução da Taxa Social Única em 0,75 pontos percentuais para as empresas.


Mais artigos em Poupar e Gastar
 
 
 
 
PUBLICIDADE



SIGA-NOS NO FACEBOOK!
MAIS LIDAS
PUBLICIDADE
PARCERIAS
APAV
VISITAS
Copyright © 2009-2017 SexoForte.net | Cúmplices | Estatuto | Contacto | Política de privacidade | Última actualização: 29-05-2016 06:12h